APARTAMENTO SÉ II . LISBOA . 1999 . 243 m2 . CLIENTE - PARTICULAR
Trata-se de um prédio pombalino muito bem construído e com uma frente totalmente virada a Sul e ao Rio Tejo. 
O apartamento estava em muito mau estado, numa situação de pré-ruína devido ao mau uso a que tinha sido sujeito ao longo dos anos. A Sala era virada para a fachada principal, que está voltada a Norte e de costas para a vista. 
Optou-se por alterar todo o layout, passando a sala para as traseiras, tirando partido da vista e subdividindo o antigo espaço da sala em sala de jantar e cozinha. 
Do hall de entrada tem-se acesso a um corredor que distribui para a zona privada da casa, com três quartos e duas casas de banho.
A parte social do apartamento ficou caracteriza-se pela fluidez de atravessamentos, em que todos os espaços comunicam e são ligados por portas de correr em madeira e vidro. As passagens interiores foram ligeiramente corrigidas para permitir enfiamentos de vistas “perfeitos” entre as janelas da fachada Sul e as da Fachada Norte: da cozinha para a sala, passando pelo hall de entrada e vice-versa, e da sala de jantar para a sala passando pelo escritório e vice-versa.